Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
3/12/18 às 15h22 - Atualizado em 3/12/18 às 15h22

Medellin em Ceilândia um projeto para harmonizar a cidade

 

Um projeto que visa melhorar uma comunidade, dar cor às 9hs ruas e bem estar à quem por ali passa. O objetivo maior é a harmonia entre as pessoas.

É o Projeto Mini Medellin, que se inspirou na Colômbia, terra de Botero que, por meio da arte mudou paradigmas.
Uma cidade que por 4 décadas foi refém do narcotráfico, usou a arte como agente transformador. O bairro Comuna 13, hoje, reúne jovens recuperados das drogas e do tráfico, com a pintura, a arte de rua, a música, os bordados e as hortas comunitárias. Medellin agora inspirou essa ação na Ceilândia. E começou atendendo crianças acolhidas por uma instituição.

 

Neste sábado(1/12), as Mulheres do Brasil, um grupo que reúne empreendedoras e voluntárias que doam seus conhecimentos em prol de uma melhoria de comunidades vulneráveis, limpou as ruas, criou áreas de acessibilidade, ajudou na organização da quadra de esportes para incentivar o cuidado com a saúde, pintou paredes, muros e meios-fios da QNN 05 de Ceilândia.

Entre as voluntárias, a Secretária da Sedestmidh, Ilda Peliz, que milita no voluntariado há mais de 24 anos e inaugurou Hospital da Criança de Brasília, e teve apoio do ex-vice presidente da República, José Alencar, que dá nome à Instituição. O HCB, hoje, é modelo de tratamento do Câncer Infantil.

 

O trabalho está só começando. Outras áreas serão alcançadas por essas mulheres que deixam suas tarefas de empresárias, jornalistas, artistas, psicólogas e, nesse dia, trabalham pela comunidade.

Todos podem participar doando tintas, materiais para trabalhos de campo, brinquedos e contribuir com a mão de obra.
Desta vez a ação começou no Lar Bezerra de Menezes, que acolhe crianças que não tinham ninguém por elas. Agora, têm mais algumas pessoas com quem podem contar.

 

🔰Se quiser também ajudar, ligue 81383044

 

Por, Cláudia Miani