Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/11/18 às 10h46 - Atualizado em 8/11/18 às 10h55

Rollemberg entrega Medalha do Mérito Buriti a servidores da Sedestmidh

 

O governador Rodrigo Rollemberg entregou a Medalha Mérito Buriti aos servidores Ancila Maria de Castro e Memésio Mortilciano Severino, lotados no gabinete da Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos do Distrito Federal, pelo desempenho das suas funções de forma relevante, dedicação e zelo nos últimos 10 anos. A cerimônia foi realizada na Tribuna de Honra do Estádio Mané Garrincha, nesta última terça-feira, 6.

 

Esta honraria foi instituída pelo Decreto Nº 1.488, de 28 de outubro de 1970, pelo então governador Hélio Prates, para homenagear servidores, civis e militares, que de alguma forma se destacaram no exercício das suas funções ao serviço público, contribuindo para o desenvolvimento da comunidade, nos últimos 10 anos. Rollemberg agradeceu o empenho dos 245 servidores homenageados, que de alguma forma, servem de exemplo às novas gerações que estão ingressando no serviço público:

– Gostaria de agradecer a cada um dos colegas servidores aqui presentes pela dedicação ao serviço público prestados à comunidade. Vocês são exemplos de comprometimento às novas gerações que estão aí assumindo a função pública.

 

Para Ancila Maria de Castro, 36 anos de Sedestmidh, nascida e criada em Brasília, graduada em Gestão de Recursos Humanos, hoje assessora do gabinete e responsável pela agenda da secretária Ilda Peliz, “esta medalha é o resultado do esforço e amor de quem veste a camisa e aprende muito lidando com pessoas. É um ensinamento diário de vida”, justifica. Quanto ao futuro, os planos de Ancila, conhecida pelo bom humor, se resumem numa frase, mas cheia de significado para quem passou uma vida dentro de uma repartição pública:” no futuro, quero viver e ser feliz. Só isso”, ensina.

 

Memésio Morticiano Severino, 56 anos de idade, casado, pai de quatro filhos, passou os últimos 35 anos atendendo e servindo cafezinho nos gabinetes da Sedestmidh, desde o tempo em que se chamava Fundação de Serviço Social, no distante governo do mineiro José Aparecido. Humilde e aparentando certo desconforto diante de mais de 300 pessoas, entre elas o governador e autoridades do GDF, Memésio explica que nestes anos todos o que realmente fez a diferença foi a sua dedicação: ” aprendi a ter paciência com as pessoas, paz no coração e dedicação no meu serviço. Se Deus permitir, quero continuar servindo por muitos e muitos anos”, finaliza Memésio.

_______________________________________________________________

Por Carlos Britto